Mãe ‘dopa’ filho que matou mulher e crianças e chama polícia

Um homem suspeito de matar a própria esposa e duas enteadas a facadas, em São Vicente, no litoral de São Paulo, foi dopado pela própria mãe antes de ser preso, na madrugada desta quarta-feira (20). Em entrevista ao G1, a mãe de Magno Brandão, de 27 anos, disse que precisou tomar a atitude drástica porque estava sendo ameaçada. Durante a noite, ela, que prefere não se identificar, colocou remédio em uma bebida do filho para induzir o sono e, em seguida, chamou a polícia.

Magno é o principal suspeito de esfaquear e matar Thamiris e as filhas dela (Foto: Arquivo Pessoal)

Os corpos de Thamiris de Souza Santos, de 30 anos, de Nayara Machado de Souza Santos, de oito, e Nicolly de Souza Santos, de quatro, foram achados na madrugada de domingo (10). As três foram assassinadas com facadas no tórax e pescoço e tiveram os corpos encontrados em estado de decomposição dentro da casa em que moravam, no bairro Parque Continental.

Brandão, namorado de Thamiris, se tornou o principal suspeito após fugir do local do crime. Segundo a polícia, vizinhos que acompanharam a movimentação da perícia e a retirada dos corpos relataram que, uma semana antes da morte das três, Thamiris e ele haviam tido uma forte discussão, possível de ser ouvida da rua.

Fonte: Portal G1 / Santos< /strong>

Notícias Relacionadas