Oposição destaca ‘clima de terror’ e 29 assassinatos na Bahia no final de semana

Targino Machado: “A Bahia se transformou no estado com maior número de mortes do país. São sete mil por ano”

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia lamentou o clima de terror vivido no estado ao destacar nesta segunda-feira (11), o número de 29 assassinatos em Salvador e Região Metropolitana (RMS), no final de semana. “A Bahia está aterrorizada com tanta violência e o governo do estado não muda a estratégia na área de segurança pública”, criticou o líder da Bancada de Oposição, Luciano Ribeiro (DEM).

No plenário da Casa, um minuto de silêncio foi solicitado pelo deputado Targino Machado (DEM), em memória das 29 vítimas, entre elas, o cabo da PM Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, assassinado no bairro de Santa Cruz, no último sábado, na capital baiana.

“A Bahia se transformou no estado com maior número de mortes do país. São sete mil por ano, vinte por dia. O nosso tecido social está esgarçado. Chegamos a um ponto insuportável na área de segurança pública, com policiais sendo transformados em alvos fáceis e com números alarmantes de homicídios”, condenou.

A Oposição apela para que o governo do estado pare de minimizar os números e apresente medidas preventivas e de combate a violência. A avaliação é de que não se pode aceitar que um estado aumente a cada ano a quantidade de assassinatos e nenhuma providência seja tomada, além disso, eles criticam a baixa elucidação dos casos.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *