É chocante: vídeo mostra policial militar agredindo rapaz, dando tapa e arrastando mulher grávida pelos cabelos.


O vídeo acima está na íntegra, sem edição, como foi gravado pelo turista.

Uma ação de agentes do 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Centro Histórico), no bairro do Santo Antônio Além do Carmo, em Salvador, provocou revolta em algumas pessoas que presenciaram a abordagem, que será investigada pela corregedoria da corporação, segundo informam o G1 Bahia e a TV Bahia.

Um vídeo gravado por um turista, no domingo (3), mostra quatro policiais abordando um jovem na região do largo no bairro, onde estava ocorrendo a Trezena de Santo Antônio. O jovem alvo da revista resiste à tentativa dos policiais de colocá-lo na viatura e acaba sendo agredido com alguns golpes de cassetete e tapas.

As pessoas em volta comentam que o jovem está sendo agredido por conta da apreensão de um cigarro de maconha e o aconselham a não entrar na viatura. Por conta da intensificação da ação dos militares, as pessoas fazem um coro e chamam os policiais de covardes.

Em um momento, um dos policiais envolvidos na operação parte para cima de uma mulher, que estava no grupo que protestava contra a ação, com tapas no rosto e puxões de cabelo. O PM chega a arrastar a mulher pelos cabelos. Algumas pessoas tentam evitar as agressões afirmando que a mulher estava grávida, e o colete do policial chega a cair.

O vídeo não mostra como termina a operação. A Polícia Civil informou que homem alvo da ação foi conduzido à unidade policial e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de droga e resistência à prisão. Após ter sido ouvido, foi liberado. A reportagem não conseguiu confirmar se a mulher agredida estava grávida.

Segundo a Polícia Militar, o vídeo com o flagrante já foi encaminhado para a corregedoria da corporação para ser submetido a análise. Em nota, a instituição disse que “a PMBA apura com rigor todo comportamento policial militar que fuja à técnica, pois casos isolados não podem comprometer o bom desempenho de toda a tropa”.

Fonte: G1 Bahia/TV Bahia

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *