Dois mil homicídios na Bahia mostram gestão de segurança sem transparência, diz oposição

Luciano Ribeiro, líder da oposição.

“O número de quase dois mil homicídios na Bahia, nos últimos meses, dado revelado pelo Mapa da Violência aponta para uma situação lamentável que a Oposição vem denunciando há muito tempo no estado”, diz o líder da Bancada na Casa, deputado estadual Luciano Ribeiro (DEM). Contudo para o deputado, ainda que esse número seja assustador, infelizmente ainda não é o real, já que a Secretaria de Segurança Pública não apresentou o quadro de todos os últimos meses, faltando entregar ao centro de pesquisas os dados de janeiro e fevereiro.

“O governo infelizmente tem sido omisso em relação, a violência e não age com transparência na gestão da segurança pública no estado. Não houve uma mudança concreta na política de segurança nos últimos anos e o medo da população aumenta a cada ano”, ressalta.

O deputado cita os baixos salários dos policiais, a ausência de medidas de combate, a exemplo da falta de um efetivo mais presente nas ruas dos grandes centros e de mais reforço nos territórios, ação que inibiria a migração de facções. Além disso, Luciano cita as carências do estado em outras áreas e os baixos investimentos em educação e saúde.

Os dados sobre homicídios foram divulgados pelo portal G1, em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da Usp e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *