Enrolada na PF agora controla a Petrobras Argentina

A Petrobras argentina foi vendida à Pampa Energía por uma ninharia no governo Dilma.

CLÁUDIO HUMBERTO

A Pampa Energia, que comprou ativos da Petrobras Argentina por uma ninharia no último dia do governo Dilma, em maio de 2016, foi apenas controlador temporário da empresa. O comprador final é uma empresa enrolada na Lava Jato: a holandesa Trafigura. A Pampa da Petrobras Argentina comprou por apenas R$897 milhões, uma refinaria, uma rede de 250 postos, uma planta de lubrificantes e outra de armazenamento.

NEGÓCIO DA CHINA
Os ativos que pertenceram à Petrobras acabariam nas mãos da Trafigura por US$90 milhões, que equivalem hoje a R$270 milhões.

NA CONTA DO TESOURO
O prejuízo causado à estatal brasileira, somente na primeira venda de ativos, é estimado em mais de US$1 bilhão.

PAPEL DOS BANCOS
Há dez meses, a Pampa ofereceu os ativos da Petrobras Argentina para a Trafigura através do banco Citibank, que procurou o mercado.

CONEXÃO TRAFIGURA
A Trafigura se enrolou na Lava Jato com Mariano Ferraz, condenado a 10 anos de prisão por pagar propina em contrato no porto de Suape.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas