‘Anos PT’ tornaram sindicatos negócio rentável

Foram criados na era PT mais de 15 mil sindicatos, outros desfeitos. (Foto: Reprodução/iário do Poder)

CLÁUDIO HUMBERTO

O Ministério do Trabalho terá de fazer mais que suspender por 30 dias a liberação de novas “cartas sindicais”, como anunciou sexta. A operação da Polícia Federal na Câmara mostra que o rentável negócio de criação de sindicatos atraiu o submundo da corrupção. “Turbinado” nos governos do PT, o fenômeno faz o Brasil reunir 91% dos sindicatos do planeta: são 16,7 mil sindicatos de trabalhadores e empregadores.

SEGUNDO LUGAR DISTANTE
Depois do Brasil, os poderosos Estados Unidos têm o maior número de sindicatos: 191. Tecnicamente empatados com a África do Sul: 190.

NEGÓCIO MILIONÁRIO
Sindicato no Brasil participa do rateio de R$3,5 bilhões em imposto sindical, verbas públicas etc sem prestar contas a órgãos de controle.

VACA INESGOTÁVEL
Foram criados na era PT mais de 15 mil sindicatos, outros desfeitos. Total atual: 16.634 atualmente não deixam em paz as tetas da Nação.

BILHETE PREMIADO
O valor de uma “carta sindical”, espécie de certidão de nascimento de entidade, custa no “mercado” entre R$200 mil a R$4 milhões.

Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas