Escolta da Polícia Militar assegura chegada de combustível a aeroporto

O abastecimento do aeroporto de Salvador com o querosene de aviação assegura os pousos e decolagens previstos para os próximos cinco dias

A Polícia Militar da Bahia realizou operação de escolta de caminhões-tanque que levaram combustível da refinaria de Mataripe, no município de São Francisco do Conde, para o Aeroporto Internacional de Salvador. Acionada pela Vinci Airports – em busca de apoio do governo estadual diante das dificuldades decorrentes da crise nacional de abastecimento -, a Secretaria do Turismo da Bahia articulou todos os detalhes da logística, em parceria com a Secretaria da Segurança Pública.

O secretário estadual do Turismo, José Alves, afirmou que as medidas adotadas para abastecer o aeroporto com o querosene de aviação asseguram os pousos e decolagens previstos para os próximos cinco dias, evitando prejuízos aos baianos e turistas que têm viagens programadas. Os caminhões chegaram ao aeroporto ontem, por volta das 22h.

Durante esta semana, o terminal aeroportuário da capital baiana funcionou como hub (centro) de abastecimento de aeronaves de outras rotas, suprindo a falta de combustível em alguns aeroportos brasileiros causada pela greve nacional dos caminhoneiros. Aviões que saíram de Brasília e de Recife, com destino a Lisboa (Portugal), por exemplo, mudaram o trajeto para fazer escala de abastecimento na capital baiana. “O Aeroporto de Salvador está exercendo muito bem o seu papel de líder regional”, resumiu o secretário José Alves.

Notícias Relacionadas