Brasil de Pelotas faz 3 a 0 no Londrina e sobe na tabela da Série B

Três partidas abriram a sequência da 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro na tarde deste sábado (26). Brasil de Pelotas-RS e Boa Esporte-MG venceram os seus respectivos jogos e promoveram mudanças na parte de baixo da tabela de classificação da competição. O Xavante bateu o Londrina por 3 a 0 e o Boa superou o Goiás-GO pelo placar de 2 a 1. No outro duelo do horário, Juventude-RS e São Bento-SP empataram em 2 a 2.

No Bento Freitas, em Pelotas (RS), todos os gols saíram no segundo tempo. Aos sete minutos, Lourency desviou e Éder Sciola apareceu para abrir o placar para o Brasil. O Londrina sentiu o golpe e Diego Lorenzi acabou expulso por falta dura em Toty na marca dos 14. Em vantagem numérica, o Xavante passou a encontrar mais espaços. Aos 20 minutos, Lourency pegou o rebote de Vagner e ampliou o marcador. Quando o cronômetro do árbitro chegou aos 28 minutos, Kaio fez boa jogada pela direita e encontrou Éder Sciola, que liquidou a fatura.

O Rubro-Negro de Pelotas foi a oito pontos e deixou a zona de rebaixamento, subindo para a 11ª colocação. O Tubarão tem oito e está no 12º lugar.

O Brasil de Pelotas foi a oito pontos e deixou a zona de rebaixamento, subindo para a 11ª colocação. (Foto: Brasil de Pelotas/Divulgação)

No Serra Dourada, em Goiânia (GO), os dois gols do Boa Esporte saíram na bola parada, através de cobranças de pênalti. William Barbio abriu o marcador aos 32 minutos do primeiro tempo. na primeira penalidade. Na etapa final, aos 20, Lucão ajeitou e Felipe Gedoz bateu forte para deixar tudo igual. No apagar das luzes, aos 48 minutos, Lucas Taylor invadiu a área do Goiás e foi derrubado por Jefferson. Caíque foi para a bola e não deu chance para Marcelo Rangel, garantindo os três pontos ao time mineiro.

Com a vitória, o Boa chegou a quatro pontos e pulou para a 18ª posição, ultrapassando o próprio Esmeraldino, que ficou no 19ª lugar.

No Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP), a rede balançou pela primeira vez aos 31 minutos. Caio Rangel cobrou escanteio na área, César Martins desviou na primeira trave, a bola tocou no travessão e Elias completou de cabeça no rebote. Seis minutos depois, Felipe Mattioni cobrou falta no meio da área, Rodrigo Viana não saiu do gol e Matheus Bertotto, sem marcação, cabeceou para ampliar para o Juventude.

No segundo tempo, o Azulão reagiu e marcou logo aos dois. Everaldo recebeu livre na entrada área, tirou o marcador e bateu rasteiro. Aos 28, Paulinho cobrou escanteio na área e o zagueiro Luizão subiu bem para deixar tudo igual usando a cabeça. As duas equipes ainda tiveram boas chances, mas o placar terminou empatado. O Juventude foi a sete pontos e está no 16º lugar. O São Bento tem 11 e está na nona colocação.

Notícias Relacionadas