Abastecimento de aeronaves segue normal no Aeroporto de Salvador

A Concessionária do Aeroporto Salvador Bahia informa que segue abastecendo as aeronaves que decolam na capital baiana neste sábado (26). Solicitado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para prestar apoio aos demais aeroportos da malha aérea nacional, o Aeroporto Salvador Bahia  informa em nota que opera de maneira colaborativa, mantendo a programação de partidas locais e prestando suporte a voos oriundos de outros aeroportos.

”Em decorrência da medida de apoio, que visa assegurar as operações do país, a previsão de reserva de combustível do aeroporto passa a ser monitorada diariamente, conforme a demanda solicitada. Prezando pelo conforto, a Concessionária orienta aos passageiros consultar as companhias aéreas para mais informações sobre seus voos, até que a situação seja normalizada”, diz a nota.

Até as 20h de ontem a paralisação dos caminhoneiros havia provocado o cancelamento de 70 voos no país  (Foto: José Cruz)

Greve dos caminhoneiros cancelou 70 voos no pais

Até as 20h de hoje (25), a paralisação dos caminhoneiros havia provocado o cancelamento de 70 voos no país. O número representa 5,7% das viagens programadas para o dia. As informações são da Infraero, que monitora o movimento nos aeroportos brasileiros.

No mapeamento da situação de voos do dia disponibilizado pela empresa, estavam previstos 1.219 voos para esta sexta. Deste total, 966 (79,2%) estavam no horário, 161 (13,2%) estavam atrasados e 22 (1,8%) estavam atrasados no momento em que a aferição foi realizada.

O maior número de voos cancelados foi da Azul, com 32 (45%) viagens não realizadas. Em seguida vêm a linha aérea TAM, com 29 (41%), Gol, com 5 (7%), e Avianca, com 3 (4%). Os cancelamentos afetaram somente voos domésticos. A Infraero não registrou problema deste tipo com viagens internacionais.

Notícias Relacionadas