970×90

Polícia Civil apoia ação do Bahia para localizar desaparecidos

Entre janeiro e abril deste ano, a DPP registrou 125 casos de desaparecidos na cidade.

A Delegacia de Proteção a Pessoa (DPP), do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), participou da ação do Esporte Clube Bahia, em homenagem ao Dia das Mães, na partida entre o tricolor e o São Paulo, neste domingo (13), pelo Campeonato Brasileiro. Os jogadores entraram no campo segurando cartazes de pessoas desaparecidas para tentar ajudar mães que esperam pelos seus filhos.

Os 11 cartazes exibidos, com foto e telefone, por cada um dos jogadores durante a execução do Hino Nacional, tiveram Boletim de Ocorrência registrado na DPP, coordenada pela delegada titular Heloísa Simões.

Presente no jogo, a titular Simões destacou que tem interesse em estender a parceira com o Bahia e outros clubes. “A visibilidade é de suma importância para encontrar essas pessoas, por esse motivo, esperamos estender esta parceria e em outros jogos exibir as fotos de desaparecidos no telão. Além do serviço prestado a população, podemos sentir na emoção dos jogadores, como cada cidadão acolhe com carinho a causa”, comenta.

Entre janeiro e abril deste ano, a DPP registrou 125 casos na cidade. Deste número, 104 foram solucionados pela unidade especializada. No ano passado, foram registrados 384 desaparecidos – 184 homens e 200 mulheres. Entre as pessoas que desapareceram, os adolescentes estão em maior número, 157, com idades entre 14 e 17 anos. Do total de 2017, foram localizados 368.

Para entrar em contato com a DPP, as pessoas podem ligar para os números (71) 3116-0357 e 3116-0133 ou enviar mensagem através do Facebook (Delegacia de Proteção à Pessoa – Bahia)

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *