Com atuação pífia, Vitória é eliminado pelo Corinthians da Copa do Brasil.

Maycon e Romero, os autores dos gols corinthianos , comemoram na Arena Corinthians; Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians. (Foto: Corinthians/Divulgação)

O Vitória está eliminado da Copa do Brasil. Jogando contra o Corinthians, em São Paulo, o Rubro-negro foi batido com facilidade por 3 a 1. O time baiano fez um péssimo jogo, com alguns jogadores demonstrando até falta de interesse em alguns momentos da partida. E com falhas individuais também. O goleiro Caíque falhou em dois gols. Iago e Rhayner abusaram de errar passes.

Nas redes sociais, muitas críticas ao presidente do clube, Ricardo David, que fez muitas promessas no início da temporada, dizendo que faria um time forte, mas que até o momento tem cometido falhas amadoras de gestão.

Como o jogo de ida terminou sem gols, qualquer vitória seria suficiente ao Corinthians para garantir a classificação para as quartas de final. O adversário na próxima fase só será conhecido em sorteio após todos os confrontos de oitavas de final se definirem.

De quebra, o resultado ainda colocou fim a uma sequência de quatro partidas sem vencer. O time de Fábio Carille vinha de derrotas para Atlético-MG, por 1 a 0, e Independiente da Argentina, por 2 a 1, além de empates contra Ceará, por 1 a 1, e o próprio Vitória na partida de ida.

O Jogo – O Corinthians foi melhor na primeira etapa e pressionou em busca do primeiro gol. Com mais presença no campo de ataque, o time da casa empurrou o adversário até abrir o placar.

A postura corintiana era tão ofensiva que os dois volantes estavam dentro da área adversária no lance do gol, aos 38 minutos. Gabriel cruzou, o goleiro Caíque espalmou para o meio e a bola sobrou para Maycon completar para o gol.

Precisando do gol, o Vitória voltou para o segundo tempo com uma formação mais ofensiva, com a entrada do centroavante André Lima no lugar do volante Willian Farias, mas de nada adiantou.

Aos 13 minutos, em contra-ataque puxado por Balbuena, Jadson recebeu na entrada da área e serviu Romero. O atacante paraguaio finalizou mal, mas conseguiu pegar o rebote de Caíque para marcar o segundo gol corintiano.

Sete minutos mais tarde, Romero marcou novamente e garantiu a classificação. Dessa vez, Sidcley cruzou da esquerda, Rodriguinho desviou de cabeça e o artilheiro da noite, também de cabeça, completou para o fundo do gol.

O Vitória ainda descontou com André Lima, completando cruzamento de Guilherme Costa pela direita, aos 31 minutos. Mas a reação parou por aí e não foi suficiente para evitar a eliminação da equipe baiana.

Notícias Relacionadas