970×90

Brasileirão 2018: estatística mostra que tempo de bola rolando aumentou e faltas caíram

O Palmeiras passou bem pelo Atlético-PR – Foto: Palmeiras/Divulgação

Com 39 jogos disputados no Brasileirão 2018 (Santos x Vasco foi remarcado), a competição apresenta a maior índice de bola rolando por partida dos últimos três anos. A média chegou a 55 minutos e 14 segundos, superando as edições de 2017 e 2016, quando começou a ser contabilizada.

As partidas com mais tempo de bola em jogo na 4ª rodada foram Corinthians 1 x 1 Ceará, com 63 minutos, e Atlético Paranaense 1 x 3 Palmeiras, que teve 60’01. O número de faltas também é o melhor da série histórica. Foram 1.172 infrações: 30,05 por duelo.

Os dados foram levantados por Leonardo Gaciba, ex-árbitro e comentarista de TV, e repassados à Comissão de Arbitragem da CBF, que utiliza o relatório para analisar o panorama e auxiliar no planejamento de ações.

BRASILEIRÃO 2018
Jogos: 39

Cartões amarelos
2015: 220 (5,50)
2016: 188 (4,70)
2017: 155 (3,88)
2018: 172 (4,41)

Cartões vermelhos
2015: 14 (0,35)
2016: 11 (0,28)
2017: 7 (0,18)
2018: 8 (0,21)

Faltas
2015: 1233 (30,83)
2016: 1198 (29,95)
2017: 1194 (29,85)
2018: 1172 (30,05)

Tempo médio de bola rolando
2016: 55’03
2017: 54’30
2018: 55’14

Jogos acima de 60 minutos (tempo ideal apontado pela FIFA)
2014: 1
2015: 7
2016: 14
2017: 6
2018: 6

4ª rodada
1. Corinthians x Ceará: 63’00
2. Atlético PR x Palmeiras: 60’01

Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro:

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *