Atlético-PR perde para Newell’s, mas avança na Sul-Americana

O Atlético Paranaense soube segurar a pressão e carimbou a classificação (Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial
Atletico-PR)

Na noite desta quinta-feira (10), o Atlético Paranaense se classificou para a próxima fase da Conmebol Sul-Americana. O Rubro-Negro perdeu por 2 a 1 para o Newell’s Old Boys, em Rosário, na Argentina. No entanto, com a vitória no jogo de ida por 3 a 0, o placar agregado ficou em 4 a 2. O gol do Furacão foi marcado por Nikão.

A partida começou movimentada. Aos nove minutos, o goleiro Santos fez uma boa defesa. Figueroa fez o cruzamento fechado, mas Santos se esticou para jogar a bola para fora. O Atlético chegou com perigo aos 11 minutos. Após jogada de Rossetto pela direita, Lucho tentou o chute de fora da área, mas a bola saiu à esquerda do goleiro.

Um minuto depois, o time argentino também tentou um chute de fora da área com Rivero. A bola foi rasteira para o gol atleticano, mas Santos fez a defesa rasteira.

Aos 13 minutos, Guilherme tentou jogada na área e a bola foi na mão do defensor do Newell’s, mas o árbitro não marcou a penalidade para o Atlético.

Aos 26 minutos, aconteceu uma das melhores oportunidades do primeiro tempo para o Furacão. Camacho, na direita, abriu para Renan Lodi, na esquerda. O lateral dominou e mandou para o gol, mas o goleiro adversário fez a defesa.

O Newell’s abriu o placar aos 36 minutos. Em jogada de contra-ataque, Leal tocou na saída de Santos para marcar. Um minuto depois, o Furacão teve um gol anulado. Renan Lodi cruzou e Pablo completou para o gol. O auxiliar marcou impedimento do atacante rubro-negro.

A segunda etapa da partida foi bastante disputada. Logo no primeiro minuto, o goleiro Santos já foi exigido na sua meta. Figueroa finalizou dentro da área e o arqueiro atleticano fechou o ângulo para fazer a defesa.

Aos 11 minutos, mais um pênalti para o Furacão, quando Rossetto mandou a bola para a área e o zagueiro cortou com o braço. Mas o árbitro marcou impedimento no início da jogada e voltou atrás na marcação do pênalti. Quatro minutos depois, Pablo recebeu a bola na linha da zaga, chutou para o gol, mas o árbitro marcou novamente impedimento.

Aos 20 minutos, o Newell’s Old Boys marcou o segundo gol, Leal fez de cabeça. O Furacão esboçou reação aos 23 minutos. Renan Lodi sofreu falta na entrada da grande área. Nikão fez a cobrança da esquerda, mas a bola pegou na rede na parte de fora do gol. Aos 36 minutos, uma boa jogada do Atlético. Raphael Veiga recebeu no meio e chutou, mas o goleiro fez a defesa.

E, aos 39 minutos, o Furacão marcou o gol com Nikão. Renan Lodi cruzou da esquerda e Nikão desviou para o gol, sem chances para o goleiro.

Aos 44 minutos, o Atlético quase marcou o gol de empate. Nikão avançou pela direita e tocou por cima do goleiro. Raphael Veiga completou, mas o chute foi para fora.

Ficha técnica: Newell’s Old Boys 2 X 1 Atlético Paranaense

Atlético Paranaense: Santos; José Ivaldo, Pavez e Thiago Heleno; Rossetto (Wanderson, aos 38’ do 2ºT), Camacho, Lucho González (Bruno Guimarães, aos 26’ do 2ºT) e Renan Lodi; Nikão, Pablo, Guilherme (Raphael Veiga, aos 19’ do 2ºT).
Técnico: Fernando Diniz

Gol: Nikão, aos 39′ do do 2º tempo
Cartões amarelos: Nikão e Lucho González

Newell’s Old Boys: Ibañez; Nadalin, Bianchi, Fontanini, Ferroni; Rivero (Joaquín Torres, aos 13’ do 2ºT), Sills (Alexis Rodríguez, aos 38’ do 2ºT) e Bernardello; Fertoli, Figueroa e Leal
Técnico: Omar De Felippe

Gols: Leal, aos 36’ do 1º tempo e aos 20’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Sills e Ferroni

Notícias Relacionadas