Libertadores: Palmeiras cede empate ao Boca no fim, mas segue líder.

O Palmeiras segue líder do Grupo 8, agora com sete pontos, dois a mais que o próprio Boca Juniors. (Foto: Agência Palmeiras/Grecco/Divulgação)

Agência FPF

Com um gol do ex-corintiano Tévez, no último minuto, o Boca Juniors arrancou um empate por 1 a 1 com o Palmeiras, em pleno Allianz Parque, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores.

Apesar do tropeço, o Palmeiras segue líder do Grupo 8, agora com sete pontos, dois a mais que o próprio Boca Juniors. Alianza Lima, com um ponto, e Junior Barranquilla, sem nenhum, completam a classificação e se enfrentam nesta quinta-feira no complemento da rodada.

O Palmeiras começou melhor, mas o Boca Juniors, aos poucos, foi assumindo o controle da partida, bem ao estilo argentino. Esfriando o jogo sempre que possível e deixando para acelerar as jogadas só no momento certo, o time visitante era mais perigoso e se fechava, deixando a responsabilidade para os brasileiros.

Com dificuldades para criar jogadas de perigo, os jogadores do Palmeiras iam perdendo a paciência. A torcida também se irritava, principalmente com erros de passe e com marcações de falta para o time argentino.

O Palmeiras melhorou depois do intervalo e passou a criar boas chances para abrir o placar, especialmente após a entrada de Moisés no lugar de Lucas Lima. Na melhor delas, Bruno Henrique pegou a sobra dentro da área, mas mandou por cima do gol.

Para responder, Guilhermo Schelotto, técnico do Boca, também promoveu uma alteração que mexeu com o jogo, com a entrada de Tévez no ataque.

Com os dois times buscando o gol, a partida ficou bem movimentada nos minutos finais. O Palmeiras abriu o placar aproveitando falha de Jara. Aos 44 minutos, o lateral argentino furou e a bola sobrou para Guerra, que lançou para Keno marcar.

A vitória parecia garantida, mas dois minutos mais tarde, Pavón cruzou, Antonio Carlos furou e Tévez, mesmo caindo, tocou para o gol. A bola bateu no travessão e entrou, deixando tudo igual.

O próximo compromisso dos dois times na Libertadores é na quarta-feira, dia 24 de abril, quando voltam a se enfrentar, dessa vez na Bombonera, em Buenos Aires, pela quarta rodada do Grupo 8.

Notícias Relacionadas