Bahia bate o Vitória no Barradão e é campeão estadual

Jonatas Belusso ficou de frente com o goleiro Douglas, mas perdeu o gol.

O Bahia é novamente campeão baiano. Na tarde deste domingo (08), o Tricolor venceu o Vitória, por 1 a 0, e sagrou-se campeão no campo do rival, em pleno Barradão. O Rubro-negro lutava pelo tricampeonato. O título foi conquistado pelo Bahia da melhor forma possível: com dois triunfos nos jogos finais, sem ter a necessidade de contar com o regulamento para sair de campo como campeão.

Diante de mais de 30 mil torcedores rubrro-negros, o Vitória foi para cima do adversário e por pouco não abriu o placar, aos 10 minutos. Juninho aproveitou falha defensiva do Bahia e saiu de frente com Douglas. O goleiro tricolor fez grande defesa.

Douglas foi colocado à teste em mais uma série de finalizações, aos 12 minutos. Nickson chutou forte e o goleiro tricolor espalmou. No reboet, Neílton finalizou e parou mais uma vez no arqueiro do Esquadrão.

No segundo tempo, logo aos dois minutos, Zé Rafael tabelou por cima da defesa rubro-negra, invadiu a grande área e chutou forte. Fernando Miguel deu rebote e Elton, cabeceou para colocar o Tricolor na frente. Precisando virar para ser tri, o Vitória jamais desistiu. Neílton, artilheiro do campeonato, ainda saiu machucado de campo.

Jonathas Belusso teve duas oportunidades para marcar. Aos 33, em cabeçada de raspão, e aos 36, ao dividir com o goleiro adversário.

As atenções rubro-negras agora voltam-se à Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (11), às 19h30, o Vitória enfrenta o Internacional, no Beira-Rio, pelo primeiro jogo da quarta fase. No sábado (14), o Leão retorna ao Santuário para a estreia na Série A do Brasileirão, às 19h, contra o Flamengo.

FICHA TÉCNICA

Vitória 0 x 1 Bahia – Final – (2º jogo)
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 08/04/2018
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Danilo Ricardo Simon Manis (ambos FIFA-SP)

Vitória: Fernando Miguel, Rodrigo Andrade (José Welison), Walisson Maia, Bruno Bispo e Pedro Botelho; Fillipe Soutto, Uillian Correia e Juninho; Neílton (Baumjohann), Luan (Nickson) e Jonathas Belusso. Técnico: Anderson Batatais.

Bahia: Douglas, Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca (Douglas Grolli) e Léo; Elton, Gregore, Marco Antônio (Allione) e Vinícius (Régis); Zé Rafael e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

Notícias Relacionadas