PF deflagra operação para combater tráfico internacional de drogas no país

Camila Maciel
Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã de hoje (5) a Operação Bebel para desarticular esquema internacional de tráfico de drogas que utilizava “mulas” – pessoas aliciadas para transportar bagagens com drogas – em voos no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Estão sendo cumpridos um mandado de prisão temporária e seis de busca e apreensão, três em Santa Catarina e três no Rio Grande do Sul (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Estão sendo cumpridos um mandado de prisão temporária e seis de busca e apreensão, em Santa Catarina, e outros três no Rio Grande do Sul. Cerca de 40 policiais participam da ação.

As investigações começaram em janeiro de 2017 com a prisão de duas passageiras que traziam drogas nas bagagens. Com isso, foram reunidas informações e documentos que permitiram localizar e acompanhar os integrantes da organização criminosa. A quadrilha atuava em Florianópolis, Santa Maria, no Rio Grande do Sul; e no Aeroporto Internacional de Guarulhos em São Paulo.

As “mulas” eram aliciadas pelos criminosos com a promessa de pagamentos em dólares para transportar uma mala até determinado país. A bagagem continha, normalmente, cocaína. No retorno da viagem, após um curto período de permanência, outra mala com drogas sintéticas seria entregue por traficantes sediados no país estrangeiro.

De acordo com a Polícia Federal, o financiador do esquema e possivelmente o chefe da organização criminosa já está preso em Santa Catarina, acusado pelos crimes de tráfico internacional de drogas e formação de quadrilha. Ele foi apreendido com 60 mil comprimidos de ecstasy.

Notícias Relacionadas