Lula já discute fazer greve de fome caso seja preso, diz colunista da Folha.

Ex-presidente negou em entrevista à Folha, mas já conversou com grupo restrito sobre o tema. (Foto: Fotos Públicas)

O ex-presidente Lula já discutiu com um grupo restrito de apoiadores e amigos a possibilidade de fazer greve de fome, caso seja preso, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

De acordo com a publicação, a defesa do petista vai tentar adiar a execução da sentença por, pelo menos, dez dias.

O argumento é de que a detenção só poderia ocorrer depois da apreciação dos embargos à última decisão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal) sobre outros embargos já analisados.

Notícias Relacionadas