Líder de quadrilha de sequestros que atuava em Valença morre em confronto com a polícia

Jorge Bocão foi morto em confronto a polícia na madrugada desta terça-feira em Camamu (Foto: Divulgação/SSP-BA)

Líder de uma quadrilha responsável por sequestros na região do Baixo Sul da Bahia, principalmente em Valença e cidades do entorno, Manoel Rafael Bispo de Jesus, o ‘Jorge Bocão’, foi localizado por equipes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Valença), na madrugada desta terça-feira (3). O criminoso, que ocupava a carta 9 de Paus do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, estava escondido na zona rural da cidade de Camamu.

Considerado um dos mais procurados da região, Jorge Bocão foi encontrado após denúncia anônima. Policiais civis do Serviço de Investigação (SI) da 5ª Coorpin foram até o imóvel indicado e o criminoso reagiu atirando. No confronto ele foi atingido, mas não resistiu aos ferimentos. Espingardas, pistola e munições foram apreendidas no local.

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) monitoravam a movimentação de Jorge Bocão, que conseguiu fugir às investidas recentes dos investigadores. Ele comandou o sequestro de uma cabeleireira, no bairro do Costa Azul, em Salvador, no ano de 2015. Jorge Bocão tinha participação também no tráfico de drogas, homicídios e roubos a banco.

“Grande trabalho do Departamento de Polícia do Interior e do Draco. Tiramos de circulação o criminoso mais perigoso do Baixo Sul da Bahia e a determinação é para desmontar todo o restante da quadrilha”, declarou o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito Filho.

Diligências continuam sendo realizadas na zona rural de Camamu à procura de outros integrantes do bando. Informações sobre comparsas de Jorge Bocão podem ser repassadas através do 181 (Disque Denúncia do interior).

Notícias Relacionadas