970×90

Bahia vence o Vitória em jogo com polêmica de arbitragem e depende de um empate

Com quase 40 mil pessoas na Arena Fonte Nova, o Bahia bateu o Vitória por 2 a 1 e jogará por um empate no próximo domingo, no Barradão, para ficar com o título baiano de 2018. Edigar Junio e Vinícius balançaram as redes para os mandantes, Luan descontou para o Rubro-Negro.

Neilton puxou contra-ataque e deixou Luan de cara para diminuir o placar na Fonte Nova. (Foto: Mauricia da Mata/EC Vitória/Divulgação)

O Vitória começou o primeiro tempo dominando o Bahia e teve chance de abrir o placar: Neilton roubou a bola de Tiago, avançou em direção à área e rolou para Jonatas Belusso, que se atrapalhou e acabou desarmado.

No lance seguinte, o Bahia fez boa trama ofensiva que resultou em passe de Vinícius para Edigar Junio balançar as redes da Arena Fonte Nova.

O grande lance polêmico do primeiro tem aconteceu aos 33 minutos: o goleiro Douglas saiu da área para cortar um passe para Neilton e colocou a mão na bola. Os atletas rubro-negros pediram a expulsão do goleiro, mas o árbitro Luiz Flávio de Oliveira aplicou apenas o cartão amarelo.

O Bahia ampliou o placar com Vinícius aos 7 do segundo tempo em cobrança de um pênalti duvidoso. Mas cinco minutos, Neilton tabelou com Juninho e passou para Luan, na grande área, acertar o ângulo e marcar um belo gol.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *