970×90

UFBA estende exposição de Sebastião Salgado sobre Povos Indígenas

A exposição poderá ser visitada até a próxima sexta-feira (23), das 9 às 17 horas, na Reitoria da Universidade Federal da Bahia. (Foto: Divulgação)

A exposição “Índios Korubo: Vale do Javari”, de Sebastião Salgado, um dos maiores nomes da fotografia mundial, poderá ser visitada pelo público até a próxima sexta-feira (23), das 9 às 17 horas, na Reitoria da Universidade Federal da Bahia. A mostra, composta por 15 fotografias, foi uma das atrações culturais de maior destaque do Fórum Social Mundial, que aconteceu em Salvador de 13 a 17 de março. A entrada é franca.

Isolados da civilização no Vale do Javari, na selva amazônica, os índios Korubos vivem sob a ameaça constante da exploração de seu território por madeireiras, mineradoras e até por construtores de hidrelétricas. A mostra evidencia a dificuldade dos Korubos, que não falam Português e têm costumes e códigos sociais próprios, em preservar a sua cultura frente às pressões econômicas que chegam de todos os lados. Isso sem falar na ameaça dos vírus e bactérias, trazidos pelos “invasores” e contra os quais os índios, por força de seu isolamento, não têm resistência nenhuma.

“Esta mostra, além da natural qualidade do trabalho de Salgado, questiona a falta de preocupação da sociedade para com a cultura indígena, e se insere dentro de uma preocupação maior do fotógrafo com esses povos isolados”, opina Maria Hilda Paraiso, diretora da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA e uma das responsáveis pela vinda da exposição à Bahia.

Notícias Relacionadas