Desabamento de prédio em Pituaçu matou criança, bebê, mãe e tio

Os irmãos Robert de Jesus, de 12 anos, e Arthur da Silva de Jesus, de 1 ano, morreram ao lado da mãe Rosemeire Pereira de Jesus, de 34 anos. (Foto: Reprodução)

O Corpo de Bombeiro encerrou na tarde desta terça-feira (13) o trabalho de resgate das vítimas do desabamento de um prédio de três pavimentos no Alto do São João, no bairro do Pituaçu, em Salvador. Quatro mortos já foram identificados. As vítimas uma mulher, os dois filhos dela, de 12 anos e um ano, e o tio das crianças. Sete pessoas estavam no imóvel no momento da tragédia, três foram resgatadas com vida. Todas são da mesma família.

Os mortos foram identificados como Rosemeire Pereira de Jesus, de 34 anos, os filhos, Arthur da Silva de Jesus, de 1 ano, e Robert de Jesus, de 12 anos, e o irmão dela, Alan Pereira de Jesus, de 31 anos. Todos moravam no primeiro andar no imóvel que desabou.

Até as 12h30, três pessoas tinham sido resgatadas com vida e encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE): uma mulher de 30 anos; um bebê de 11 meses, do sexo feminino, que teve traumatismo craniano e um homem de 29 anos, que sofreu ferimentos na face e escoriações.

Fortes chuvas atingem Salvador – O prédio que desabou fica na Rua Alto de São João, no bairro Pituaçu. Segundo a Defesa Civil de Salvador (Codesal), esta foi a ocorrência mais grave registrada na capital da Bahia em função da forte chuva que atinge a cidade nesta terça-feira (13), provocando acidentes de trânsito, deslizamentos e alagamentos em diversos pontos.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura de Salvador, o prédio de quatro pavimentos, incluindo a garagem, foi construído recentemente, de forma irregular e não ocupava área de risco.

Em nota, a prefeitura lamentou a tragédia e garantiu que a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza vai prestar toda a assistência necessária às famílias atingidas, incluindo as de seis residências vizinhas embargadas temporariamente. As famílias serão cadastradas e vão receber auxílio-moradia.

Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia, informou que até amanhã (14), o tempo ficará instável em Salvador, com nebulosidade, chuvas isoladas e trovoadas.

Notícias Relacionadas