Aumento da criminalidade deixa população da Ilha de Itaparica em pânico

Leur Lomanto Jr. cobra mais atenção do governo com a segurança nas localidades dos municípios de Itaparica e Vera Cruz.

Tiroteios promovidos por quadrilhas de traficantes e ocorrências de assaltos e arrombamentos têm levado terror a população da Ilha de Itaparica, nos últimos dias. Esses relatos de violência chegaram ao deputado estadual Leur Lomanto Jr (MDB), através de mensagens e pedidos de socorro de moradores de algumas localidades do balneário. Eles dizem que já não aguentam mais a violência a que estão expostos diariamente. Segundo informações, somente nos últimos quinze dias foram mais de quinze assassinatos. Segundo Leur Jr., infelizmente o clima de insegurança na Ilha é antigo, contudo tem piorado, conforme os moradores.

“Diariamente as pessoas estão expostas aos delitos e nada parece conter a criminalidade. Um adolescente de 17 anos foi alvejado com bala perdida em Barra do Gil. Há informações de tiroteios também nas localidades de Paratinga, Nova Divinéia, Amoreiras e Gameleira. Barbaridades acontecem dia após dia e falta estrutura a Polícia para combater essa situação. As ações preventivas inexistem já que drogas e armamentos circulam com facilidade. Como a população pode ficar a mercê de tanta violência?”, questiona o deputado.

Leur Jr ressalta que há muito tempo o governo do estado tem sido ausente da Ilha de Itaparica. “São dez anos de descaso do governo do estado, que sempre promete melhorias na infraestrutura e na segurança da Ilha, mas nada é feito. Infelizmente a Ilha de Itaparica tem se transformado em Ilha do medo, diante de uma criminalidade que só faz aumentar e uma população desassistida pelo governo que há anos abandonou o município. Apelamos por mais atenção e que o governo do estado volte o seu olhar para esse lugar de ricas belezas naturais, conhecido no mundo inteiro pelos seus atrativos, mas que tem sido cada vez mais desvalorizado por conta dessa situação”, enfatizou.

Notícias Relacionadas