Aeroportos de Lençóis e Vitória da Conquista passam a ter nova administração

O aeroporto de Lençóis, na Chapada Diamantina, será concedido pelo prazo de 15 anos. (Foto: Seinfra/Ascom/Divulgação)

Dois aeroportos do estado da Bahia vão estar, em breve, sob novo comando. A requalificação da infraestrutura, manutenção, operação e exploração comercial das áreas e serviços do terminal Horácio de Mattos, em Lençóis, e do novo aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, serão licitadas ainda no primeiro semestre de 2018. Os dois editais estão prontos e os termos de referência elaborados, para serem apresentados durante consultas públicas.

Com o início da operação do novo aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, estima-se que o terminal irá receber cerca de 500 mil passageiros por ano, até 2020. Sua operação comercial está prevista para o segundo semestre deste ano e por isso a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba) publicou no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (8) o aviso de audiência pública para a concessão do novo equipamento, no dia 4 de abril.

A Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) é o órgão responsável pela obra do novo aeroporto e, atualmente, realiza as instalações das estruturas metálicas do telhado do Terminal de Passageiros, com previsão de entrega em junho de 2018. A implantação do novo terminal conta com o investimento de R$145 milhões, com financiamento dos governos federal, por meio da Secretaria de Aviação Civil (SAC), e estadual. A empresa que vencer a licitação terá concessão para administrar o terminal pelo prazo de 30 anos.

Concessão em Lençóis – Principal acesso para a região turística da Chapada Diamantina, centro da Bahia, o aeroporto de Lençóis será concedido pelo prazo de 15 anos. Com o objetivo de obter subsídios e informações para aprimoramento do termo de referência da licitação desta concessão, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba) publicou no Diário Oficial do Estado da quarta-feira (7) a chamada para a audiência pública, a ser realizada no dia 23 de março, na sede da Agerba, em Salvador, onde serão acolhidas críticas, solicitações e sugestões.

Notícias Relacionadas