970×90

Polícia da Itália investiga homicídio em morte de Davide Astori

Davide Astori, zagueiro e capitão da Fiorentina, foi encontrado morto em hotel (Foto: Divulgação/Forentina)

ANSA BRASIL

A procuradoria de Údine, na Itália, abriu nesta segunda-feira (5) uma investigação por ‘homicídio culposo’ (quando não há intenção) sobre a morte do capitão da Fiorentina, Davide Astori, ocorrida ontem (4). A informação foi declarada pelo procurador Antonio De Nicolo. Segundo as informações preliminares, o atleta, que estava hospedado no hotel “La di Moret”, teria morrido após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Astori estava concentrado para a partida diante da Udinese, válido pelo Campeonato Italiano. No entanto, após o jogador não ter aparecido para o café da manhã, o massagista do clube encontrou o corpo do zagueiro já sem vida em seu quarto.

A morte do capitão do time italiano chocou o futebol mundial. Todas as partidas das Séries A e B que seriam realizadas foram adiadas. Além disso, diversas personalidades esportivas realizaram homenagens a Astori pelas redes sociais.

“Eu quase não expresso publicamente nenhum pensamento sobre uma pessoa, mas no seu caso, sinto que estou fazendo uma exceção à minha regra. Você tem uma jovem esposa e familiares que estão sofrendo, mas especialmente sua pequena garota, que merece saber que seu pai era em todos os aspectos uma pessoa PERFEITA”, escreveu o goleiro da juventus, Gianluigi Buffon.

”Você era a melhor expressão de um mundo antigo e superado, em que valores como altruísmo, elegância, educação e respeito pelo próximo eram comuns. Parabéns, de fato, você foi uma das melhores figuras esportivas em que encontrei”, acrescentou.

Fonte: Agência ANSA

Notícias Relacionadas