Bahia segue líder em número de estabelecimentos agropecuários

Foram recenseados mais estabelecimentos do que o previsto inicialmente em cerca de 4 a cada 10 municípios baianos (39,3% dos 417) (Foto: Agência Brasil)

Até o dia 28 de fevereiro, o Censo Agro 2017 havia recenseado 726.536 estabelecimentos agropecuários na Bahia. O número representa 94,8% da previsão inicial para o estado, de 766.580 estabelecimentos, e é 4,6% menor que o total existente em 2006, segundo o Censo Agropecuário de 2007 (761.558 estabelecimentos).

Em todo o Brasil, 4.918.593 estabelecimentos agropecuários foram recenseados até o fim de fevereiro, 93,7% da previsão inicial e 5,0% menos que os 5.175.636 existentes em 2006. Com os resultados da coleta até o fim de fevereiro, a Bahia se manteve como estado com maior número de estabelecimentos agropecuários no país, respondendo por quase 15% (14,8%) do total nacional. Em seguida, vinham Minas Gerais (593.008 estabelecimentos ou 12,1%) e Ceará (373.481 ou 7,6%).

Apesar do encerramento formal do esforço maciço de coleta das informações, e como sempre ocorre em operações desse porte, os trabalhos do Censo Agro 2017 continuam em todo o país, com a avaliação e a supervisão das informações levantadas e a coleta residual nos poucos setores ainda não iniciados.

Assim, o IBGE busca garantir a total cobertura territorial e a máxima qualidade dos dados, que irão atualizar o retrato do setor agropecuário brasileiro após dez anos.

As informações coletadas pelo Censo Agro serão subsídio imprescindível para a formulação e avaliação de políticas públicas, estudos acadêmicos, desenvolvimento de projetos e decisões de investimentos governamentais e da iniciativa privada. Os primeiros resultados definitivos para todo o Brasil deverão ser divulgados em julho deste ano.

Fonte: Bahia de Valor. Clique AQUI e leia mais

Notícias Relacionadas