Deus Salve o Rei: Catarina acusa Rodolfo pelo atentado a Rei Augusto

O rei de Montemor é humilhado na frente de todos por Catarina. (Foto: TV Globo/Divulgação)

A tentativa de assassinato de Augusto (Marco Nanini) tomou a todos de surpresa. Reis e rainhas de toda a Cália se reúnem no Castelo de Artena para especular quem poderia ser o autor do atentado a um rei tão querido. Mas Catarina (Bruna Marquezine) já tem seu suspeito, ou melhor, ela já tem seu culpado. Furiosa, a princesa acusa Rodolfo (Johnny Massaro) de ser o mandante do crime.

“De onde tirou a coragem, que nunca antes ninguém viu, para mandar matar meu pai?”, diz ela na frente de todos.
Rodolfo fica chocado com a acusação:

“Mas que tipo de brincadeira é esta?!”

Catarina o coloca contra a parede: ‘Todos os soberanos aqui presentes ouviram suas ameaças a meu pai. Vai negá-las agora?’

Porém, não há provas que comprovem as acusações de Catarina. Até que, mais tarde, Demétrio (Tarcísio Filho) traz uma notícia alarmante.

“Tudo leva a crer que esta foi a arma usada no atentado. É uma besta feita de carvalho, vê? Só há um exército na Cália que usa esse tipo de madeira em sua confecção, alteza”, explica Demétrio.

“O exército de Montemor, estou certa?”

Demétrio pede a Afonso que descubra quem atentou contra Augusto. Catarina acusa Rodolfo de ter mandado matar seu pai. Samara garante a Amália que Afonso jamais desistiu dela. Afonso sugere que Rodolfo permaneça em Artena até o final das investigações, para não levantar falsas suspeitas. Cássio avisa a Rodolfo que a saída dele de Artena pode ser interpretada como uma fuga. Catarina destitui Afonso do cargo e o acusa de ser incapaz de garantir a segurança do rei. Afonso diz a Amália que seguirá com as investigações por conta própria. Demétrio encontra a arma que feriu Augusto e constata que pertence ao exército de Montemor.

Este capítulo vai ao ar nesta sexta-feira (2) em Deus Salve o Rei.

Notícias Relacionadas