Embargo flagra a Noruega poluindo a Amazôna

CLÁUDIO HUMBERTO

O embargo do Ibama às operações na Amazônia da Norsk Hydro, na exploração de bauxita, expôs a hipocrisia norueguesa quando o assunto é meio-ambiente. Dono de 43,8% da empresa, o governo da Noruega adora fazer pose de compromissos ambientalistas, mas no Pará ignorou até as recomendações do Ministério Público Federal e do governo para reduzir a produção de resíduos na mina, provocando vazamento de poluentes e desmatamento. Agora está embargada.

Além de desmatar e poluir mundo afora, a Noruega mata baleias sem piedade. (Foto: Reprodução)

Olha a hipocrisia
Além de desmatar e poluir mundo afora, a Noruega mata baleias sem piedade. O governo fixou “cota” de matança de mil baleias por ano.

Farsa revelada
A farsa norueguesa virou matéria da agência alemã Deutsche-Welle sobre a poluição dos mares do Ártico, na exploração de gás e petróleo.

Palavras ao vento
A ampliação das atividades no Ártico aumentaria em 50% as emissões de gás carbônico na Noruega, violando inclusive o Acordo de Paris.

Enganadores
Até no bacalhau eles enganam: mandam para o Brasil a variedade mais ordinária, processada na China para explorar a mão de obra local.

Notícias Relacionadas