Programa Primeiro Emprego realiza mutirões em Salvador dia 28

).

As vagas de emprego serão para Salvador, Lauro de Freitas, Itaparica e Vera Cruz .

Jovens e adultos que concluíram os cursos técnicos de nível médio nos anos de 2015, 2016 e 2017 na rede estadual de Educação Profissional e Tecnológica terão a possibilidade de conquistar uma vaga de emprego em Salvador, Lauro de Freitas, Itaparica e Vera Cruz nos próximos dias. Para isso, é preciso comparecer a um dos mutirões do programa Primeiro Emprego que o Governo do Estado vai realizar.

No dia 28 de fevereiro, das 7h às 14h, a ação será no Centro Estadual de Educação Profissional em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira, no bairro de Mussurunga . Já no dia 02 de março, o mutirão será no Colégio Odorico Tavares , no Corredor da Vitória, também das 7h às 14h.Quem comparecer a um dos mutirões fará a atualização de dados, será verificada a sua regularidade do banco de dados da Secretaria de Educação e, caso haja vaga disponível na área em que o candidato se formou, em seguida, será encaminhado pela Secretaria do Trabalho (SINE) para verificar a elegibilidade (se atende a legislação do Programa).

Caso seja elegível(eis) para a(s) vaga(s), serão verificadas as nota médias durante todo o curso (ranking) e será dada preferência sempre para aqueles de maior nota, que serão encaminhados para uma possível contratação com Carteira de Trabalho assinada, com todos os direitos garantidos. O contrato tem duração de 24 meses no âmbito do Estado por maio das Fundações. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo; já nas Fundações, o contemplado terá, além de salário mínimo, plano de saúde opcional (PLANSERV), alimentação, vale transporte e processo formativo vinculado a sua área e ao serviço público.

Para realizar a atualização cadastral e se habilitar a ocupar uma possível vaga o egresso precisa apresentar os seguintes documentos: carteira de trabalho, carteira de identidade (RG) e CPF. Já para efetivar a contratação precisará também apresentar a carteira de reservista, título de eleitor, último comprovante de votação, comprovante de residência, currículo atualizado, certificado de conclusão do curso ou diploma ou histórico escolar. Para os casados e/ou com filhos, será necessário apresentar também a certidão de casamento, certidão de nascimento caso tenha filho, cartão de vacinação (dependente com até cinco anos de idade), comprovante de escolaridade (dependente após seis anos), conta bancária, duas fotos 3×4. A ação será desenvolvida em conjunto pelas secretarias estaduais da Educação, do Trabalho, da Administração, da Casa Civil e de fundações parceiras, como a Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) e Fundação Estatal Saúde da Família (FES).

Notícias Relacionadas