Casos de lesão corporal caem no segundo dia de Carnaval, diz polícia.

Reunião de Avaliação acontece todos os dias, no auditório Esmeralda, no Hotel da Bahia

O segundo dia oficial do Carnaval 2018 continuou apresentando redução de ocorrências em relação ao ano passado. Na sexta-feira (9) de festa foram registrados seis casos a menos de lesão corporal, todos considerados leves. Enquanto em 2017 foram contabilizados 17 ocorrências do tipos, este ano, o número caiu para 11, uma redução de 35%.

“Este é um dos grande desafios da polícia. Temos os portais de abordagem, temos as varreduras internas recolhendo objetos que podem oferecer riscos aos foliões, mas quando as pessoas estão mal intencionadas, qualquer objeto pode ser utilizado para ferir o outro. Por isso não baixamos a guarda, apesar dos números positivos”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Os crimes contra o patrimônio – roubo e furto – também permanecem em queda. Ontem foram registrados 51% a menos, passando de 206, em 2017 para 101, em 2018. Dentre estes casos estão os de aparelhos celulares, que totalizaram 17, 20 a menos que 2017.

No período também houve a condução de 269 pessoas, dentre elas, cinco presas em flagrante e um mandado de prisão cumprido nos circuitos. Foram registrados ainda 271 Termos Circunstanciados de Ocorrência e apreendidas diversas porções de maconha, cocaína, crack, 14 comprimidos de ecstasy, dois de cheiro da loló e 11 frascos de lança-perfume.

Notícias Relacionadas