Ministra dos Direitos Humanos pede para sair do PSDB

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, entregou, nesta quinta-feira (14), pedido de desfiliação do PSDB na sede do partido em Brasília. A ministra estava sendo pressionada a deixar a legenda desde que o PSDB anunciou que desembarcaria do governo do presidente Michel Temer. A informação é da coluna Expresso, da Época Negócios.

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

A medida agrada aos tucanos porque agora só há um ministro da legenda na Esplanada: Aloysio Nunes, das Relações Exteriores. Antonio Imbassahy foi exonerado da Secretaria de Governo nesta quinta-feira.

Resta saber se Temer manterá Luislinda no cargo. Ele, conforme revelou EXPRESSO, está incomodado com a permanência dela no cargo.

Fonte: Época Negócios / Coluna Expresso

Notícias Relacionadas