Sindicombustíveis diz que a BR não repassa redução de preços para os postos

Desde julho, com a nova política de reajuste de preços da Petrobras nas refinarias, já houve 48 aumento da gasolina e 40 reduções (Foto:Tony Winston/Ag. Brasil)

Os donos de postos de combustíveis e o Sindicombustíveis Bahia reclamam que a distribuidora BR não está repassando a redução determinada pela Petrobras nos preços de combustíveis. Um dia depois do preço da gasolina ter sido reduzido em 3,8% e o do diesel em 1,3% nas refinarias, na sexta (17), houve nova diminuição no preço dos combustíveis, sábado (18), quando a Petrobras determinou queda de 0,3% no preço do diesel e de 1,4% da gasolina, mas que não vem refletindo nas notas fiscais dos revendedores.

Em entrevista ao site Bahia de Valor, o presidente do Sindicombustíveis Bahia, José Augusto Costa, explicou que
o impacto do reajuste no preço final ao consumidor depende de outros fatores da cadeia de combustíveis, principalmente das distribuidoras.

”O que está acontecendo é que a BR não repassa as reduções, somente os aumentos, e os donos de postos não têm como vender mais barato”, sustentou Augusto Costa.

Desde julho, com a nova política de reajuste de preços da Petrobras nas refinarias, já houve 48 aumento da gasolina e 40 reduções. “Nesses cinco meses, a gasolina subiu mais de 35% e o diesel, 29%. As reduções são menos frequentes e, quando acontecem, a distribuidora não repassa, impactando nas vendas dos produtos e no bolso dos consumidores. É importante que isso seja comunicado também e que os órgãos de fiscalização estejam cientes”, ressalta José Augusto.

Fonte: Site Bahia de Valor. Clique AQUI e leia mais.

Notícias Relacionadas