Campeonato Brasileiro: Santos vence Atlético-MG e segue vivo na disputa pelo título

Agência FPF

O Santos confirmou o bom retrospecto como mandante e segue vivo na luta pelo título do Campeonato Brasileiro. Na estreia do técnico interino Elano, que assumiu a vaga de Levir Culpi, o time santista convenceu na vitória sobre o Atlético-MG, por 3 a 1, na tarde deste sábado (04), na Vila Belmiro. O duelo inaugurou a 32ª rodada.

Os santistas estão na segunda posição, com 56 pontos. São três a menos que o líder Corinthians. (Foto: Santos FC/Divulgação)

A vitória mantém o Santos como o melhor mandante da competição, com 36 pontos em 48 disputados. Este bom retrospecto mantém o clube na luta pela taça, aumentando a pressão sobre Corinthians e Palmeiras para o clássico deste domingo, na Arena Corinthians. Os santistas estão na segunda posição, com 56 pontos. São três a menos que o líder Corinthians e dois a mais que o Palmeiras.

Em compensação, o Atlético continua com sua campanha irregular, cada vez mais distante por briga por vaga na Libertadores. Hoje, os mineiros ocupam posição intermediária, com 42 pontos. São cinco a menos que o Flamengo, último na zona de classificação para o torneio continental.

Precisando da vitória para seguir sonhando com título, o Santos assumiu as rédeas do jogo. Até os dois minutos, o o time paulista assustou duas vezes. Primeiro, o atacante Arthur Gomes pedalou sobre o marcador e chutou por cima do gol. No lance seguinte, o atacante Bruno Henrique mandou uma bomba da entrada da área e o goleiro Victor defendeu.

Bem movimentado, o jogo seguiu emocionante e o Atlético-MG respondeu aos três minutos. Após contra-ataque, o atacante Robinho cruzou para o artilheiro Fred, que não alcançou. Na sobra, o meia Cazares chutou na rede pelo lado de fora.

A partida continuou movimentada nos minutos seguintes e os paulistas assustaram novamente aos 14. Ricardo Oliveira fez fila na defesa atleticana e tocou para Arthur Gomes. Ele soltou uma bomba de fora da área, muito perto da meta de Victor. O goleiro mineiro, aliás, quase entregou aos 17. Lucas Lima concluiu mal, mas o arqueiro saiu estranho. A bola sobrou para o meia Renato, que livre, mandou pela linha de fundo.

Conforme o tempo passou, os mandantes seguiram com mais posse de bola, mas deixaram o ritmo cair. A partida só voltou a ter alguma emoção aos 45 minutos, quando o Santos abriu o placar. Bruno Henrique escapou pela direita e cruzou na medida para Arthur Gomes. O jovem atacante apareceu na segunda trave sozinho e só cabeceou para o fundo das redes.

No segundo tempo, o Atlético voltou com uma postura mais agressiva e não demorou a chegar ao gol de empate. Aos cinco minutos, Robinho escapou pela direita e cruzou. Fred apareceu com liberdade e só teve o trabalho de desviar de cabeça, sem chances para o goleiro Vanderlei.

O Atlético poderia ter empatado, após carimbar a trave com Robinho e o zagueiro Leonardo Silva, aos 32 e 33 minutos, respectivamente, mas a velha máxima do ‘quem não faz, toma’ acabou prevalecendo. Aos 34 minutos, Bruno Henrique fez grande jogada pela esquerda, deixou o atacante Luan no chão e levantou na área. Na segunda trave, Ricardo Oliveira apareceu para cabecear para as redes e decretou a vitória santista.

Na próxima quarta-feira (08), às 21h45, o Santos volta a campo para enfrentar o Vasco, na Vila Belmiro, em Santos. Enquanto isso, o Atlético recebe o xará Goianiense, na quinta-feira (09), às 20h, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − dez =