Requalificação da Rua Farol de Itapuã terá investimento de R$ 3,2 milhões

A ordem de serviço para a requalificação da Rua do Farol de Itapuã foi assinada pelo prefeito ACM Neto nesta quarta-feira (1º), em cerimônia no próprio local, e contou com a presença de autoridades e população. Com investimento total de aproximadamente R$ 3,2 milhões, fruto de contrapartida municipal dentro do Programa de Requalificação Urbana de Salvador (Proquali), a iniciativa é parte do megaprograma municipal Salvador 360, eixo Investe.

ACM Neto: ”O Farol de Itapuã vai ganhar uma nova vida”. (Foto: Valter Pontes/Secom/PMS)

“O Farol de Itapuã é um dos ícones da nossa cidade, um dos principais cartões postais de Salvador e há muito tempo a comunidade desse bairro reclamava por investimentos e requalificação. O projeto de requalificação vai oferecer uma nova área urbanizada, com espaços de lazer, local para implantação de quiosques, com iluminação em LED, entre outras melhorias. O Farol de Itapuã vai ganhar uma nova vida. As pessoas poderão aproveitar muito esse cartão postal de Salvador logo que a obra for concluída”, destacou o prefeito.

A intervenção será feita em uma área de mais de 21,5 mil m², com 335 metros de extensão, no trecho entre as casas da Marinha e a curva da residência que pertenceu ao poeta Vinicius de Moraes. Apesar de ser considerada simples, a ação deverá promover a preservação ambiental e melhoria urbanística do local, que contribuirá para o ordenamento da região. Assim, será deixado para trás o clima de degradação e ocupação irregular até mesmo na área da praia, principalmente por veículos.

O projeto foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), em conjunto com a comunidade e com a participação da Superintendência do Patrimônio da União (SPU), por se tratar de uma área de marinha. A obra ficará sob a supervisão da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), por meio da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop), e a execução será feita pela empresa Campbel Construções e Terraplanagem Ltda, vencedora da licitação. A previsão é de que a intervenção seja concluída em abril de 2018.

Para o secretário da Seinfra, Almir Melo, a obra deverá atrair muitos benefícios para a região, completando as intervenções feitas anteriormente em outro trecho da orla do bairro. “Esta é uma obra simples, mas muito importante para moradores e frequentadores deste ponto turístico da cidade. É uma intervenção que contará com infraestrutura necessária para o público e que vai deixar este local ainda mais bonito”, frisou.

História – A requalificação da Rua do Farol de Itapuã promoverá uma melhor contemplação do equipamento erguido sobre a pedra de Piraboca em 1873. Quinto a ser erguido na Bahia e o quadragésimo segundo no Brasil, com 21 metros de altura, o Farol de Itapuã pode ser visto a uma distância de 15 milhas (28 km) para orientação aos navegantes, já que a área é cercada por recifes.

A torre já passou por mudança nas cores, sendo a primeira roxo-terra, em seguida branca e laranja e, por fim, desde a década de 1950, nas cores vermelha e branca. As tecnologias também evoluíram com o tempo: eclipsor que acende e apaga automaticamente em 1923; válvula solar a partir de 1939; e lanterna de policarbonato, atualmente. Antes do muro de alvenaria, a proteção era feita por gradil de ferro.

Já a região de Itapuã, na década de 1950, era conhecida por ser uma vila de pescadores. Anos mais tarde, já era apreciada como local de veraneio. Na década de 1970, passou a receber pessoas de outros locais para fixar residência e, com o tempo, tornou-se um dos bairros mais populosos da capital baiana.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + dezenove =