Heber apoia decisão da Justiça que proibiu peça profana

Deputado Heber Santana

O deputado estadual Heber Santana (PSC) aplaudiu a decisão da 12ª Vara Cívil de Salvador, que impediu a exibição no Espaço Cultural da Barroquinha da peça O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu, que representaria Jesus Cristo como uma travesti. “É inadmissível que queiram chamar isso de arte. É uma afronta aos cristãos, à moralidade e à religião”, disse Heber.

Proibida de ser exibida no espaço Cultural da Barroquinha, a peça foi exibida no teatro do Goethe Institut Brasilien (ICBA), o que no entender do deputado Heber Santana representa desrespeito e tentativa de burlar a Justiça. Vice-presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Serviço Público da Assembléia Legislativa, Heber Santana destaca que a decisão judicial não representa censura, mas a defesa de valores cristãos, éticos e morais.

“Os cristãos merecem respeito, não admitimos nem vamos admitir agressões como essa”, afirmou, assegurando que “a decisão judicial tem nosso apoio”. A peça já foi também proíbida em São Paulo, no Sesc Jundiaí, por decisão judicial.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 6 =