Corinthians perde para a Ponte Preta e se complica ainda mais no Brasileirão

Com a derrota fora de casa, o Corinthians pode perder a liderança na ppróxima rodada, caso o Palmeiras vença o Cruzeiro amanhã.

Comandados por Emerson Sheik e contando com uma tarde inspirada do goleiro Aranha, a Ponte Preta conseguiu bater o líder Corinthians por 1 a 0 no Estádio Moisés Lucarelli, neste domingo (29), em duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo movimentado, em que as ações foram equivalentes, a equipe de Campinas viu o Corinthians povoar o campo de ataque. Mas teve brio para assegurar a vitória e dá um fôlego a mais na disputa contra a zona de rebaixamento.

A Ponte Preta aparece com 35 pontos, uma mais que o Avaí, atual 17º colocado. Já o Corinthians segue na primeira posição com 59 pontos, mas pode ver o Palmeiras reduzir a diferença para três pontos, caso bata o Cruzeiro nesta segunda (30).

Valendo muito para ambos os times, a partida começou em ritmo acelerado. O Corinthians apresentava uma movimentação mais intensa no ataque. Jadson e Rodriguinho se alternavam buscando a bola na defesa para articular o time. Já pelos mandantes, Emerson Sheik utilizava sua experiência para flutuar frente à zaga adversária, permitindo que Lucca caísse pelas beiradas.

Aos 11 minutos da primeira etapa, Danilo Barcelos quase abriu o placar para a equipe de Campinas. O meia roubou a bola de Fagner e bateu com curva. Cássio se esticou todo, porém, não conseguiu tocar na bola, que saiu passando muito perto da trave esquerda.

Com uma marcação forte, a Ponte Preta inibia as tentativas da equipe da capital. Aos 27, a bola sobrou para Nino Paraíba após cobrança de escanteio. O lateral cruzou no capricho. Rodrigo apareceu sozinho e cabeceou na diagonal para grande defesa de Cássio, que tocou para escanteio. Contudo, o zagueiro estava em posição irregular e o impedimento foi marcado.

Sofrendo muito com o ímpeto do adversário, o Corinthians começou a responder na metade do primeiro tempo. Os líderes do campeonato adiantaram a marcação, resultado em erros de passe do adversário.

Em um desses momentos, a equipe de São Paulo roubou a bola e finalizou rápido de longe, com Jadson, obrigando Aranha a espalmar. Mas, a bola sobrou nos pés de Rodriguinho que cruzou para dentro da área. Em nova intervenção do goleiro ponte-pretano, a bola se ofereceu para Gabriel que de carrinho mandou no travessão.

Jogador do Corinthians, emprestado ao clube do interior, Lucca abriu o placar para os donos da casa aos 39 minutos do primeiro tempo. Jeferson avançou bem pela esquerda chegando até a linha de fundo. O lateral cruzou para trás. Livre, o atacante cabeceou firme no contrapé de Cássio, 1 a 0.

Destaque da Macaca na temporada, Lucca não marcava há 13 jogos. Com este tento, o atacante chegou a 11 no campeonato e 22 no ano. No mais, restou tempo somente para Emerson Sheik dar um belo ‘chapéu’ em Maycon, antes de sofrer falta no meio de campo.

Precisando vencer para se manter tranquilo na liderança, o Corinthians começou o segundo tempo pressionando. Logo aos 4 minutos, Aranha salvou a Ponte, evitando o empate com o pé esquerdo.

Clayson, que havia acabado de entrar, avançou pela esquerda, passou em profundidade para Jô, que bateu prensando. Na sobra, Rodriguinho girou dentro da área e bateu a queima-roupa para grande intervenção do goleiro. Aos 13, a Ponte voltou a assustar. Lucca escapou bem pela direita, ganhou a jogada de corpo com Pablo e cruzou. Livre, Emerson Sheik não ajeitou o corpo para cabecear e desperdiçou.

Desesperado para buscar no mínimo o empate. O técnico do Corinthians abriu mão de seus dois volantes, promovendo, as entradas de Clayson e Kazim. Além de ter optado por colocar Pedrinho – que atuou pela primeira vez no returno – no lugar de Romero. Com as alterações, os visitantes se jogaram para cima, assustaram em alguns momentos, mas a defesa do time da casa e o goleiro Aranha prevaleceram.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 5 =