Polícia Federal faz buscas no gabinete de Lúcio Vieira Lima em Brasília e Salvador

Deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) (Foto: (Foto: Reprodução/Twitter) Jr/Câmara dos Deputados)
Deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) (Foto: (Foto: Reprodução/Twitter) Jr/Câmara dos Deputados)

A Polícia Federal faz buscas na Câmara dos Deputados na manhã desta segunda-feira (16) em Brasília no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA). Agentes da PF chegaram a interditar o acesso ao sexto andar do anexo IV, onde fica o gabinete.

Além do gabinete do deputado, também há buscas no apartamento dele e em mais dois endereços em Salvador, na Bahia. Duas viaturas da PF se concentraram em frente do prédio de Lúcio por volta das 7h30. Três advogados do deputado estiveram no local. Um deles saiu. Outros dois advogados permanecem no prédio.

Lúcio é irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso por tempo indeterminado desde julho, após investigadores apreenderem R$ 51 milhões em um imóvel atribuído ao político. Segundo a PF, é a maior apreensão de dinheiro vivo da história da corporação.

Em setembro, as investigações sobre o assunto foram remetidas ao Supremo Tribunal Federal (STF). O motivo da transferência do caso para o STF são os indícios encontrados nas investigações em relação a Lúcio Vieira Lima, que, na condição de deputado federal, tem foro privilegiado no STF.

De acordo com a PF, o apartamento foi emprestado a Lúcio Vieira Lima e era usado por Geddel. A corporação informou ainda que apreendeu uma nota fiscal de uma funcionária de Lúcio Vieira Lima no apartamento onde estava escondido o dinheiro.

Fonte: TV Globo/Portal G1/Brasília/Camila Bomfim e Gabriel Luiz

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 5 =