Fluminense volta a vencer e deixa o Z-4 do Brasileirão

 Henrique Dourado marcou o 15º gol dele no Brasileiro e garantiu o triunfo do Fluminense. (Foto: Fluminense/Divulgação)
Henrique Dourado marcou o 15º gol dele no Brasileiro e garantiu o triunfo do Fluminense. (Foto: Fluminense/Divulgação)

Uma vitória mais do que merecida. Foi 1 x 0 sobre o Avaí no Maracanã, com gol de Henrique Dourado (15º dele no Brasileiro), mas melhor que isso foi a sensação de um time que voltou a mostrar autoridade dentro de campo. o resultado tirou o Flu da zona do rebaixamento: o time soma agora 35 pontos, em 11º na tabela. Agora o desafio é na quarta-feira, 21h45 diante do São Paulo no Maracanã.

Um primeiro tempo de domínio total do Fluminense sobre seu adversário. Logo aos 30 segundos Wendel arriscou de longe, para mostrar que o time estava disposto a não dar chances ao adversário. Aos 5 minutos, Dourado foi derrubado dentro da área e o árbitro preferiu não marcar nada.

Depois de duas tentativas perigosas com Gustavo Scarpa aos 9 e Richard aos 11, Sornoza acertou a o travessão do Avaí. No rebote o artilheiro do Brasileiro acertou o ângulo. Foi o 15º gol de Henrique Dourado no campeonato, primeiro do Time de Guerreiros no jogo.

Um gol que aliviava a tensão da torcida a trazia tranquilidade que o time precisava para tocar a bola com calma e qualidade. Richard roubando bolas, Wendel e Marcos Junior velozes na transição e Sornoza e Scarpa estratégicos. Marlon e Renato seguros lá atrás e uma defesa com Gum e Reginaldo que não sofreu em nenhum momento. Cavalieri fez apenas uma defesa fácil nos primeiros 45 minutos.

O segundo tempo começou com um susto. Um gol do Avaí bem anulado pelo árbitro por falta em Diego Cavalieri. Foi só isso. Aos 5, Scarpa tentou de longe e o goleiro fez boa defesa. Aos 14, Scarpa cobrou escanteio, Reginaldo raspou de cabeça e a bola passou perto.

Aos 17, Dourado fez um lançamento com açúcar para Marcos Junior, que entrou livre, mas o goleiro Douglas salvou. Abel Braga então começou a mexer no time. Mateus Norton no lugar de Renato e Matheus Alessandro na vaga de Marcos Junior. Aos 29, Scarpa, de novo e de novo o goleiro do Avaí.

Aos 33 o árbitro anulou mal um gol de Matheus Alessandro, alegando falta que não houve. O Fluminense com autoridade conseguiu manter o resultado e sobe na tabela.

FLUMINENSE
Diego Cavalieri, Renato (Mateus Norton), Gum (Nogueira), Reginaldo e Marlon; Wendel, Richard, Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Junior (Mateus Alessandro) e Henrique Dourado.
Técnico: Abel

AVAÍ
Douglas Friedrich; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Juan (Romulo); João Paulo, Wellington Simião (Marquinho) e Luan Pereira; Pedro Castro, Joel e Lucas Otávio (Maurinho).
Téc. Claudinei Oliveira

Cartão Amarelo: Joel, Fagner Alemão (Avaí), Henrique Dourado, Wendel (Fluminense)
Cartão Vermelho:
Gols: Henrique Dourado 13`
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP). Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 14 =