Moradores acusam PM de matar adolescente em Sussuarana e PM nega

policia-marca

Em protesto contra uma ação da Polícia Militar que teria resultado na morte de um adolescente de 14 anos que estava jogando bola em uma rua no bairro de Sussuarana, moradores fizeram um protesto na tarde deste sábado, próximo ao Conjunto Morada do Sol.

Segundo informações da TV Bahia e do Portal G1, um morador vizinho da vítima disse que o adolescente não tinha envolvimento com a criminalidade. “Foi uma ação totalmente desproporcional. Ele estava jogando bola e foi morto, sem ter nenhum envolvimento com o tráfico ou qualquer outra coisa de errado”, destacou.

Em nota, a Polícia Militar divulgou uma versão diferente. Diz que no final da manhã deste sábado, policiais militares da Rondesp Central foram recebidos a tiros por vários elementos armados na localidade conhecida como Parque Jocélia, no bairro de Sussuarana.

No confronto, segundo a PM, um dos suspeitos foi atingido e socorrido ao Hospital Roberto Santos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A PM não divulgou a identidade do suspeito que morreu. Com ele, a polícia disse ter encontrado uma mochila com drogas e um revólver calibre 38. Ainda de acordo com a corporação, o caso foi apresentado na Corregedoria da Polícia Militar.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + seis =