Bahia arranca empate contra o Palmeiras e segue fora da zona da degola

O resultado foi bom para o Bahia, que continua fora da zona do rebaixamento. *Foto: Cesar Grecco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
O resultado foi bom para o Bahia, que continua fora da zona do rebaixamento. *Foto: Cesar Grecco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Sem poder contar com o Allianz Parque, o Palmeiras enfrentou o Bahia no Pacaembu e não conseguiu segurar a vitória. Após abrir dois gols de vantagem, o time paulista saiu com um empate por 2 a 2 pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O tricolor baiano lutou muito e teve chances para virar a partida. Com o resultado, o Palmeiras fica com 44 pontos, na quinta colocação, enquanto o Bahia, com 32 pontos, é o 14º e se afasta da briga contra o rebaixamento.

A jogada do gol começou com Dudu que fez o passe para Bruno Henrique. Ele pós em velocidade para Deyverson pelo lado esquerdo e na linha de fundo ele cruzou. No primeiro pau Moisés desviou, mas no segundo o oportunista Willian entrou de joelho e completou para as redes, logo aos dois minutos.

O Bahia até cresceu após o gol, mas o Palmeiras ampliou aos 39 minutos. Foi uma jogada bem trabalhada, que começou com o passe de Bruno Henrique para Deyverson que inverteu para Tchê Tchê. Ele cruzou e Willian ajeitou de peito, com a bola sobrando para o chute de virada de Bruno Henrique.

Mas o Bahia diminuiu nos acréscimos. A bola foi levantada na área e Edigar Junio apareceu entre vários zagueiros para desviar de cabeça, de cima para baixo. Fernando Prass tinha ameaçado sair e ficou no meio do caminho.
Na segunda etapa, o Palmeiras tentou administrar a vantagem e reduziu o ritmo do jogo, mas foi castigado. Aos 43 minutos, Mendoza foi derrubado por Róger Guedes na área e o time baiano teve um pênalti a seu favor. Edigar Junio não desperdiçou e garantiu o empate no final.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, dia 15. O Palmeiras vai sair diante do lanterna Atlético-GO, às 17h, em Goiânia. O Bahia vai receber o líder Corinthians, às 19h, na Fonte Nova.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =