Fragata “União” chega a Salvador após missão no Líbano e fica aberta à visitação

A capital baiana é o primeiro porto brasileiro na viagem de volta da Fragata “União” (Foto: Marinha do Brasil/Divulgação)
A capital baiana é o primeiro porto brasileiro na viagem de volta da Fragata “União” (Foto: Marinha do Brasil/Divulgação)

A Fragata “União” (F45) atracará no Porto de Salvador nesta sexta-feira (13), às 13h45, após cumprir seis meses de missão no litoral do Líbano, e estará aberta à visitação pública nos dias 14 e 15 (sábado e domingo), das 14h às 17h.

A capital baiana é o primeiro porto brasileiro na viagem de volta da Fragata “União” que, de março a setembro de 2017, foi o navio capitânia da Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (United Nations Interim Force in Lebanon – UNIFIL).

No Líbano, a “União” atuou em operações de interdição marítima, com o objetivo de impedir a entrada de armas ilegais, drogas e contrabando naquele país. A FTM da UNIFIL também contribui para o treinamento da Marinha libanesa, de modo que, no futuro, a mesma possa conduzir suas atribuições de forma autônoma.

A FTM-UNIFIL foi criada em 15 de outubro de 2006, em atendimento à Resolução 1701 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, por solicitação do governo libanês, tendo a peculiaridade de ser a única Força Naval componente de missão de paz da ONU.

Desde fevereiro de 2011, a Marinha do Brasil comanda a FTM-UNIFIL que possui um Estado-Maior multinacional e sete navios, de seis diferentes nacionalidades: Alemanha, Bangladesh, Brasil, Grécia, Indonésia e Turquia.

Notícias Relacionadas

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × um =