Duas crianças vítimas de ataque à creche em Janaúba recebem alta

André Richter
Agência Brasil

Creche ficou destruída após o ataque em Janaúba (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas/Reprodução)
Creche ficou destruída após o ataque em Janaúba (Foto: Natália Jael/Inter TV Grande Minas/Reprodução)

Duas crianças que sobreviveram ao ataque a uma creche de Janaúba (MG) receberam alta médica hoje (8). Os alunos Ludmila Cristine Ferreira Silva, de 6 anos, e Arthur Gabriel Soares, 4 anos, estavam internados desde quinta-feira (5) em hospitais de Montes Claros após sofrerem queimaduras provocadas por um vigia que trabalhava na creche Gente Inocente e que ateou fogo no local.

Ainda há 24 pessoas internadas em Janaúba, Montes Claros e Belo Horizonte.

Até o momento, foram registradas dez mortes, oito delas crianças. Também morreram a professora Heley Abreu Batista, de 43 anos, que ajudou no resgate das crianças e o vigia que ateou fogo no local.

No fim da tarde, a Presidência da República anunciou que o presidente Michel Temer concedeu a Ordem Nacional do Mérito à professora Heley. A honraria será concedida em homenagem ao ato de heroísmo da professora, que não sobreviveu às queimaduras e morreu ao tentar salvar os alunos.

Notícias Relacionadas