Carpegiani assina contrato com o Bahia e tenta livrar time do rebaixamento

Carpegiani assinou contrato  até o final desta temorada e tem uma dura missão: livrar o Bahia  do rebaixamento.
Carpegiani assinou contrato até o final desta temporada e tem uma dura missão: livrar o Bahia do rebaixamento.

Paulo César Carpegiani chegou em Salvador às 12h30 desta quinta-feira, foi direto para a sede do Bahia, em Itinga, proximidades do aeroporto e já assinou contrato como novo técnico do tricolor baiano, em substituição a Preto Casagrande, demitido na última terça-feira (3).

O treinador tem vínculo até o final desta temorada e uma dura missão: livrar a equipe do rebaixamento na Série A do Campeonato Brasileiro. O time está na 13ª colocação na tabela de classificação, mas somente a um ponto da zona do rebaixamento.

O Bahia começou o ano com Guto Ferreira, que conquistou a Copa do Nordeste, mas deixou o cargo para assinar contrato com o Internacional no fim de maio. Jorginho foi o substituto e acabou dando lugar a Preto Casagrande no mês de agosto.

Carpegiani, 68 anos, já foi campeão mundial, brasileiro e da Libertadores quando comandava o Flamengo, entre 1981 e 82, além de ganhar grande destaque ao levar a seleção do Paraguai à Copa de 1998 e quase eliminar a campeã – e anfitriã – França nas oitavas de final.

Seu último trabalho aconteceu no Coritiba, entre agosto de 2016 e fevereiro de 2017. Carpegiani vem de um trabalho de altos e baixos no Coritiba. Contratado para evitar o rebaixamento da equipe no ano passado, montou uma defesa extremamente sólida, muitas vezes improvisando zagueiros nas laterais, mas o time acabou ficando na Série A.

Notícias Relacionadas