Deputado diz que insegurança pública na Bahia não poupa nem mesmo os policiais

Targino Machado:  "Falta decisão política ao governador para implementar as políticas de segurança pública''.
Targino Machado: “Falta decisão política ao governador para implementar as políticas de segurança pública”.

Em discurso na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) o deputado estadual Targino Machado (PPS) usou a tribuna para lamentar a morte de dois policiais militares da Bahia, vítimas de homicídio, ocorridas nas últimas 72 horas. “A polícia militar perdeu dois de seus bons quadros: o subtenente Fortuna, baleado em estacionamento de shopping na Paralela e o sargento Carlos José de Jesus Cruz. Agora a insegurança pública alcança todas as categorias, não poupando nem mesmo a polícia”.

O parlamentar apresentou graves problemas estruturais do governo com relação a falta de segurança pública no Estado.

“Faltam policiais militares nas delegacias, faltam policiais civis, coletes balísticos, os que tem estão vencidos, faltam viaturas padronizadas e despadronizadas, falta combustível para se fazer rodar as viaturas para dar a garantia de segurança pública para nós todos e as nossas famílias”.

Além de tantos problemas, o deputado ainda criticou a falta de carceragem nas delegacias do interior da Bahia, a exemplo das cidades de Amélia Rodrigues e São Gonçalo dos Campos.

“Se prender alguém em flagrante em Amélia Rodrigues tem que deslocar a viatura para Santo Amaro e se o flagrante for em São Gonçalo dos Campos tem que deslocar para Feira de Santana. Isso é uma vergonha, porque falta decisão política ao senhor governador para implementar as políticas de segurança pública necessárias para dar uma boa segurança a nós todos e inclusive aos policiais civis e militares que estão vivendo com medo. Falta moral e credibilidade

ao governo do governador Rui Costa”, concluiu.

Notícias Relacionadas