Flamengo perde para a Ponte Preta e segue em 7º lugar no Brasileirão

 Jean Patrick  marcou o gol do triunfo da Ponte Preta no segundo tempo (Foto: Imagem TV/Reprodução)
Jean Patrick marcou o gol do triunfo da Ponte Preta no segundo tempo (Foto: Imagem TV/Reprodução)

O Flamengo foi derrotado na noite desta segunda-feira pela Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas, por 1×0, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a derrota, o Rubro-negro permanece na sétima posição com 39 pontos. Agora 15ª colocada, a Ponte Preta volta a campo no próximo dia 12, quando, outra vez no Moisés Lucarelli, recebe o Santos. O Flamengo encara o Fluminense no Rio de Janeiro no mesmo dia.

Reinaldo Rueda mandou a campo uma equipe com diversas alterações, por conta da data Fifa, que lhe tirou Guerrero, Trauco e Cuéllar; Berrío estava suspenso e o treinador optou por poupar Juan e Everton. Mas a equipe não sofreu desentrosamento, tanto que dominou a primeir etapa chegando a ter até 64% de posse de bola, mas com poucos chutes a gol.

O primeiro tempo foi bem morno, com poucas chances para os dois lados. O Flamengo só teve uma oportunidade boa aos 23 minutos, após cruzamento de Renê na medida, que encontrou Arão livre na grande área, mas a cabeçada foi para fora. A Ponte não deixava o Flamengo jogar, parando as jogadas com falta, algumas bem violentas. O Mais Querido tinha dificuldade para conseguir furar a defesa da Macaca, que praticamente colocou o time inteiro atrás para sair no contra-ataque. Com isso, o resultado na primeira etapa só poderia ter sido o 0x0.

Os primeiros três minutos do segundo tempo já foram muito melhores que os 45 anteriores. Logo na saída, Lucca bateu falta com muito perigo, mas Diego Alves espalmou para fora. O Flamengo respondeu com Lucas Paquetá, que saiu na cara de Aranha, mas chutou por cima do gol.

Os donos da casa voltaram melhores e aos oito abriram o placar. Jean Patrick chutou colocado de fora da área, longe do alcance de Diego Alves. O Flamengo foi para cima em busca do empate. Rueda colocou Gabriel e Vinícius Júnior em campo, mas a melhor chance foi da Ponte. Aos 17, o árbitro deu pênalti de Réver em Lucca. O próprio jogador cobrou, mas Diego Alves caiu bem e pegou. O final do jogo foi de pressão em cima da Ponte, mas o Flamengo não teve oportunidades claras e saiu de campo derrotado.

Notícias Relacionadas