Silvio Santos fala demais e SBT é processado em R$ 10 milhões.

O SBT foi processado pelo MPT-SP (Ministério Público do Trabalho de São Paulo) a pagar R$ 10 milhões de indenização por danos morais coletivos por cenas exibidas em programas da emissora. O caso de maior repercussão foi envolvendo a atriz Maisa Silva e o apresentador Dudu Camargo no Programa Silvio Santos. Mas a ação ainda inclui uma suposta humilhação à assistente de palco Milene Regina Uehara, no Programa do Ratinho.

O SBT de Silvio Santos   informou que até o momento não recebeu nenhuma notificação e que não irá se pronunciar sobre o caso. (Foto: SBT/Reprodução)
O SBT de Silvio Santos informou que até o momento não recebeu nenhuma notificação e que não irá se pronunciar sobre o caso. (Foto: SBT/Reprodução)

A ação, expedida na semana passada, alega que houve “violação aos direitos à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem” de empregados da emissora.

O primeiro caso ocorreu em junho deste ano. Durante o programa, Silvio Santos sugeriu que Maisa, de 15 anos, namorasse o apresentador Dudu Camargo, de 19. O acontecimento ganhou as redes sociais imediatamente e causou revolta em internautas e telespectadores.

A segunda ação do MPT-SP tem como base o episódio ocorrido no Programa do Ratinho em abril de 2016, quando Milene Regina Uehara teria sofrido o que foi considerado agressão física e humilhação ao vivo. Nesse caso, o apresentador chutou uma caixa de papelão onde estava a assistente de palco. Após o ocorrido, ela deu um grito e ficou sentada no palco do programa. Em seguida, Milene se retirou, aparentando constrangimento. Em tom debochado, o apresentador afirmou que ela iria “para a rua” por ser uma funcionária rebelde.

Fonte: Portal R7/Clique e Leia Mais…

Notícias Relacionadas