CBF anuncia volta de Vadão à Seleção Brasileira Feminina

Vadão voltou para a seleção feminina 10 meses após ser demitido.
Vadão voltou para a seleção feminina 10 meses após ser demitido.

A Confederação Brasileira de Futebol anuncia Oswaldo Alvarez, o Vadão, como técnico da Seleção Brasileira Feminina. Após reunião com o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, o treinador aceitou o convite para retorno ao comando da equipe nacional. Vadão volta ao cargo após dez meses de sua demissão pela CBF e inicia os planos de trabalho para a equipe.

Emily Lima foi demitida na última sexta-feira (22). A treinadora ficou nove meses no cargo, e vinha de cinco derrotas e um empate nos últimos seis jogos, todos contra seleções melhores colocadas no ranking da Fifa.

Após a decisão, a técnica criticou principalmente o coordenador da seleção, Marco Aurélio Cunha. “Eu já esperava mais ou menos (a demissão), porque eu não tinha respaldo do meu coordenador, o Marco Aurélio. O que eu fazia era errado. Trabalhar para ele era errado. Então eu já sabia que qualquer vacilo que acontecesse…”, apontou Emily.

Notícias Relacionadas