Grêmio vence o Botafogo por 1 a 0 e vai à semifinal da Libertadores

Barrios comemora gol que marcou e que garantiu a classificação do Grêmio. (Foto: Grêmio/Divulgação)
Barrios comemora gol que marcou e que garantiu a classificação do Grêmio. (Foto: Grêmio/Divulgação)

Diante de 50.517 torcedores, o Grêmio encarou o Botafogo na Arena, pelo segundo jogo das quartas de final da Conmebol Libertadores Bridgestone. Na raça, na garra e na vontade de buscar o tricampeonato, venceu o time carioca por 1 a 0. O adversário do time gaúcho será o Barcelona de Guayaquil, que eliminou o Santos.

A tensão estava presente nos 45 minutos iniciais, o que resultou em um jogo muito disputado, com ambas equipes chegando várias vezes com perigo ao ataque. Os cariocas vieram com a proposta de marcar e pressionar a saída de bola gremista. A melhor chance do Grêmio saiu dos pés de Fernandinho, aos 21′, que colocou uma bola na trave. O Fogão também criou um lance semelhante dois minutos depois – Roger acertou o poste. Renato viu-se obrigada a fazer a primeira alteração, aos 36 minutos, quando tirou Léo Moura para colocar Everton.

O Tricolor começou pressionando o time visitante no segundo tempo. Antes do primeiro minuto já sofreu uma falta na esquerda. Fernandinho cobrou, colocando a bola na cabeça de Michel, que desviou. A bola morria no ângulo esquerdo de Gatito Fernandez, que tirou com ponta dos dedos.

O jogo ficou nervoso, mas o Grêmio conseguiu colocar a bola no chão e fazer ela rodar. Aos 17 minutos, em cobrança de falta, Edílson cruzou na área, na cabeça de Lucas Barrios, que subiu e mandou no canto direito da meta do goleiro paraguaio, que não teve nenhuma chance de defesa. O técnico Renato fez suas duas últimas substituições: Jailson ocupou o lugar de Lucas Barrios e Luan, recuperado de lesão, o lugar de Ramiro.

Notícias Relacionadas