Polícia prende casal com mais de 30 entradas por roubo de ônibus

Manuela Silva Tavares, 38 anos, e Silas Pereira dos Santos. (Foto: SSP/Divulgação)
Manuela Silva Tavares, 38 anos, e Silas Pereira dos Santos. (Foto: SSP/Divulgação)

Manuela Silva Tavares, 38 anos, e Silas Pereira dos Santos, 30, têm memorizado os caminhos que levam ao Grupo Especial de Repressão a Roubo em Coletivos (Gerrc), na Baixa do Fiscal. Eles já foram conduzidos à unidade mais de 30 vezes pelos crimes de furto e roubo de ônibus e voltaram nesta quarta-feira (13), durante um flagrante pelas mesmas práticas, nas regiões da Madeireira Brotas e Hospital Sarah Kubitschek.

O casal que ainda responde a 10 inquéritos por furtos e roubos e a cinco processos criminais pelos mesmos crimes foi capturado após assaltar inúmeros transportes coletivos ontem. Frutos dos roubos foram encontrados com eles, que sempre utilizavam armas brancas pra ameaçar as vítimas.

“É trabalho árduo realizado por nós da Polícia Civil e pela Polícia Militar para reduzir esta prática de crime, mas exemplos como este mostram que precisamos, de fato, do endurecimento das nossas leis. É inadmissível que pessoas como estas, que já prejudicaram tanta gente, continuem saindo pela porta da frente das unidades policiais porque a lei assim permite”, desabafou o titular do Gerrc, delegado José Nélis.

A dupla foi encaminhada para Audiência de Custódia, onde será definido se responderá a mais esse inquérito presa ou em liberdade.

Notícias Relacionadas