Família de garota desaparecida após acidente de Mar Grande registra queixa

Buscas continuam sendo realizadas pelo Grupamento Marítimo (Gmar) do Corpo de Bombeiros. (Foto: Alberto Maraux/Divulgação)
Buscas continuam sendo realizadas pelo Grupamento Marítimo (Gmar) do Corpo de Bombeiros. (Foto: Alberto Maraux/Divulgação)

A tia de uma garota de 12 anos, que estaria na embarcação Cavalo Marinho I, procurou a 24ª Delegacia Territorial de Vera Cruz, na manhã desta terça-feira (29), para oficializar o desaparecimento. A senhora comentou que assistiu o pedido da polícia nos jornais e durante conversa, na unidade policial, explicou que a adolescente foi colocada praticamente dentro do barco e que a mãe iria buscá-la do outro lado.

“Ouvimos a testemunha e agora esperamos os documentos da adolescente, pois, segundo relato, ainda não tinha carteira de identidade”, explicou o titular da 24ª DT, Ricardo Amorim. O delegado acrescentou que além desta senhora, outras 111 pessoas já foram ouvidas. Parte dos pertences das vítimas também já foi entregue.

O subcomandante do Grupamento Marítimo (Gmar) do Corpo de Bombeiros, capitão Luciano Alves, ressaltou que o acompanhamento de familiares da jovem ajuda nas buscas. “Pegamos mais alguns detalhes da vítima e seguimos com equipes aqui na região procurando”, finalizou.

Notícias Relacionadas