Cruzeiro e Flamengo vão decidir título da Copa do Brasil no Mineirão

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A decisão da Copa do Brasil de 2017 entre Cruzeiro e Flamengo será no Mineirão, em Belo Horizonte, no dia 27 de setembro (quarta-feira), conforme determinou o sorteio dos mandos de campo feito nesta quinta-feira (24) na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro, depois que os dois times venceram as semifinais na noite de quarta-feira (23), contra Grêmio e Botafogo, respectivamente.

O primeiro confronto da final da Copa do Brasil será no feriado de 7 de setembro (quinta-feira), no Rio, com mando de campo do Flamengo, que poderá optar pelo Maracanã ou pelo seu estádio, na Ilha do Governador, zona norte do Rio.

Ao contrário das outras fases da Copa do Brasil, nos dois jogos das finais os gols marcados pelo time visitante não têm peso maior para servir como critério de desempate. Os finalistas iniciam a disputa em igualdade de condições, sem vantagem para nenhum dos times e o campeão da Copa do Brasil assegura vaga, automaticamente, para a Copa Libertadores do próximo ano.

Para chegaram às finais, o Cruzeiro eliminou o Grêmio no Mineirão, ao vencer o jogo por 1×0 e por 3×2 a disputa de pênaltis, enquanto o Flamengo derrotou o Botafogo por 1×0 no tempo normal da partida, no Maracanã.

O Cruzeiro já foi campeão da Copa do Brasil quatro vezes, em 1993, 1996, 2000 e 2003. O Flamengo conquistou o título três vezes, em 1990, 2006 e 2013. Os dois times já decidiram o torneio em 2003 e o Cruzeiro, dirigido pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, foi campeão, ao empatar por 1×1 no Maracanã e vencer por 3×1 no Mineirão. O time mineiro é o segundo em número de títulos da Copa do Brasil (quatro), superado apenas pelo Grêmio, que tem cinco.

Os dois times já disputaram, cada um, seis finais da Copa do Brasil. O Cruzeiro foi campeão contra Grêmio (1993), Palmeiras (1996), São Paulo (2000) e Flamengo (2003) e vice de Palmeiras (1998) e Atlético-MG (2014). O Flamengo venceu contra Goiás (1990), Vasco (2006) e Atlético-PR (2013) e perdeu para Grêmio (1997), Cruzeiro (2003) e Santo André (2004).

Jorge Wamburg – Repórter da Rádio Nacional

Notícias Relacionadas